sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Veja esta canção

O IGUACINE VEM AÍ


Cinéfilos da Baixada dizem que a essência do filme está em sua trilha sonora
por Marcelo Santos

Imagine os pássaros sem seus cantos. Pense a história da sua vida. Ela não merece uma trilha sonora?

Não há dúvida de que a principal proposta de alguns filmes é passar alguma mensagem. Por isso, na receita de um bom filme, a trilha sonora é um ingrediente indispensável.
Essa é a opinião compartilhada entre alguns cinéfilos da Baixada, como, por exemplo, o universitário Caio Felipe, de 23 anos.

Ex-funcionário de uma videolocadora de Nova Iguaçu, ele acredita que os grandes clássicos da história do cinema sempre estiveram acompanhados de trilhas sonoras marcantes. Segundo o universitário, o fundo musical faz o telespectador se sentir mais próximo do filme. “No filme Psicose, por exemplo, a música se desenvolve como se cada batida fosse um passo do assassino na cena. E nosso coração segue automaticamente esse ritmo”, diz.

Foi também no ritmo da música que a cantora caxiense Lucy Zebra, de 24 anos, embarcou na faculdade de cinema. Ela tem o objetivo de criar trilha sonora para filmes e fazer videoclipe. Para a cantora, harmonizar imagem, movimento e som é a essência de um bom filme.

“Acredito que um filme, para ser completo, necessite de uma boa história e uma música atraente, afinal não há vida sem música”, afirma.
A relação do homem com o mundo abarca sentidos e a razão. O cinéfilo belforroxense, de 26 anos, Ailton Costa, ressalta que, “além da comoção, a sonoridade ajuda o telespectador a captar a idéia ou mensagem que o filme almeja transmitir”.

Interatividade:
Cite trilhas sonoras inesquecíveis para você.

5 comentários:

  1. Muito bom, Marcelo. Sua matéria está muito bem redigida e eu curti o tema, abração.

    ResponderExcluir
  2. A trilha de "um dia de cão" é fantástica, inesquecível pra mim.
    Abs, Edson

    ResponderExcluir
  3. VOCES ESTOA ACABANDO COM O CINEMA....

    ResponderExcluir
  4. http://signododragao.blogspot.com/2007/06/parem-de-ler-deleuze-caralho.html

    ResponderExcluir
  5. Muito boa a reportagem de vcs.

    ResponderExcluir