sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Laranja da terra

O IGUACINE VEM AÍ

Fernando Fonseca que ser um grande diretor de cinema
por Hosana Souza

Minha relação com audiovisual é muito antiga, e é de muito amor”, diz Fernando Fonseca, 19 anos. Estudante de Publicidade e Propaganda na Univercidade, o apaixonado por audiovisual teve sua vida modificada graças à paixão por filmes. “Até meus 15 anos, queria ser professor de geografia. Mas hoje eu espero concluir a faculdade. Pretendo fazer cursos para ser um grande diretor”, diz.

Fernando é morador de Comendador Soares e aluno da Escola Livre de Cinema há dois anos. Ele participou do curta “Cueca ao Avesso”, que, para sua tristeza, ficou de fora do 2º Iguacine.

Em “Cueca ao Avesso”, Fernando atuou na área de som com outros jovens da Escola Livre de Cinema, instituição que é um verdadeiro celeiro de talentos e orgulho para o município.

A história do jovem com cinema vai além da paixão por filmes ou da oportunidade de participar de curtas. “Eu não gostava de audiovisual, odiava TV, quando pequeno. Mas, na minha adolescência, comecei a ver filmes que foram me inspirando e fui me tornando um viciado em cinema. Acabei optando por esse novo caminho”, revela.

Mesmo depois de estar na Escola Livre de Cinema, Fernando sempre se perguntava: “será que sou capaz, realmente, de fazer um filme?” A realidade é que enquanto ele não tentasse, não descobriria. Construiu a oportunidade ao se inscrever no ‘Cine Tela Brasil’, oficina itinerante que roda toda a região sudeste dando aulas e produzindo curtas em quatro dias.

A partir daí, Fernando atuou como diretor do curta-metragem “Caminhos”, que já foi assistido por mais de 200 pessoas. “O resultado final foi inesperado e excelente. Recebemos um elogio do ator Caio Blat, que era um dos jurados. Dos três filmes, o nosso foi classificado como o melhor curta. Foi então que eu percebi que tenho realmente a possibilidade de trabalhar com isso”.

Interatividade:
Você tem alguma história que daria um bom filme?

Nenhum comentário:

Postar um comentário