segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Superação audiovisual

O IGUACINE VEM AÍ

Banda de Comendador Soares divulga trabalho no YouTube
por Giuseppe Stéfano

"A ideia das bandas que postam vídeos no You Tube é superinteligente. Onde se pode conseguir um meio de propaganda gratuito e de tanta visibiliade como a internet?" A opinião do estudante Charles Moraes, 18 anos, é igual à de milhares de pessoas que fazem uso desta ferramenta, que dia após dia vem ganhando mais espaço na sociedade. Não se tem notícia de uma banda que não possua sequer um vídeo caseiro no You Tube. Até porque elas talvez sejam desconhecidas por esse mesmo motivo: a falta de divulgação.

É comum o envio e recebimento de links desses vídeos pelos sites de relacionamento, o que aumenta ainda mais as chances de receberem mais cliques. Essa ideia não poderia ficar de fora da lista de táticas da banda iguaçuana Paralelo 11. Formada em 2006, a Paralelo sofre influências que vão de LS Jack à Symphony X, viajando com naturalidade e segurança entre baladas românticas e o bom e velho rock'n roll com riffs destruidores.

A ideia de fazer vídeos da banda a serem postados no You Tube partiu de Oliver Dief, guitarra e vocal, que, em um período de recesso da banda, resolveu produzi-los por puro deleite. "O objetivo principal desse trabalho era criar algo para nós, membros da banda, e para os nossos amigos curtirem, rirem, criticarem, etc", conta o tecladista Jorge Claudio.

Contudo, o primeiro vídeo da banda só fez aumentar o desejo de fazer sucesso da banda. E quando a Paralelo 11 retornou, o tecladista Jorge Claudio e o guitarrista Oliver Dief resolveram fazer um upgrade no antigo vídeo, ainda que tivessem a consciência de jamais fariam um trabalho com qualidade profissional. Duas regras nortearam essa nova produção, feita em Stop Motion. "A primeira é que queríamos fosse algo feito por nós", diz o tecladista. "A segunda é que tivesse um certo teor cômico, para contrastar com a letra da música".

Em sua música de trabalho, Leis do Amor, a Paralelo 11 conta uma história de amor-próprio, onde um homem supera uma desilusão amorosa e encontra uma mulher que corresponda a seus sentimentos. Além de ter feito a arte do vídeo, o vocalista Oliver compôs esta canção.

A divulgação feita a partir do material audiovisual criado pela banda aumentou os acessos no YouTube e fez com que os integrantes se unissem mais. Atualmente, a banda de Comendador Soares, composta por Oliver Dief (guitarra e voz), Rubey Cartacione (baixo e vocais), Jorge Cláudio (teclado) e Jefferson Braga (batera), continua divulgando seu trabalho, sempre contando com a ajuda de vídeos caseiros. Diga-se de passagem, eles são muito bons.




Interatividade:
Você tem banda? Poste o link do seu vídeo aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário