sábado, 29 de agosto de 2009

Infectados pela Emoção

HOJE NO II IGUACINE


Jovens foram ao II IGUACINE protegidos da Gripe Suína
Por Edson Borges Vicente

Quando a luz do Teatro do Espaço Cultural Silvio Monteiro acendeu, antes que “um Lobisomem na Amazônia” entrasse em cena, uma fileira de espectadores chamou a atenção. Cinco jovens mascarados aguardavam o filme, mas nenhum deles se tratava do “Mister M”. Eram os críticos da Influenza “A”. Jovens que queriam trabalhar a conscientização do público em favor de não rejeição aos infectados pela gripe suína.

Leitores do Blog Jovem Repórter, eles ficaram sabendo do evento a partir da divulgação on-line e de um amigo da agência, além da distribuição de filipetas. O quinteto estava formado por Leandro, 16; Felipe 23; Walace, 19; Ieda 15 e Arlei 15 anos. Todos estavam muito alegres e ansiosos para verem o filme de Ivan Cardoso. Já haviam participado da abertura do II Iguacine com o trecho do filme sobre o Lula e com o longa-metragem Sans Peña de Vinícius Reis.

Um dos mais empolgados era Felipe. Ironicamente ele proclamou um discurso anti-preconceito aos suíno-gripados.

“Na verdade isso é uma apologia a todos aqueles que acreditam que uma doença tão contagiosa pode trazer influências negativas às pessoas que não pensam como nós, ou seja, nós somos pessoas de bom caráter que querem transmitir uma idéia muito positiva de todos aqueles tem a Influenza A”, declara Felipe.

Ieda complementa que “hoje em dia as pessoas estão tão neuróticas que ninguém pode tossir do lado que elas já ficam cheias de preconceito”.

Ao iniciar o filme os espirros foram substituídos por atenção e risadas.
Boa leitura!

Interatividade:
Você já se afastou de alguém no cinema por medo da gripe suína?

Um comentário:

  1. Edson, a matéria ficou perfeita. Parabéns...
    Espero que nos reencontremos novamente. Mil Beijos.

    ResponderExcluir