sexta-feira, 31 de julho de 2009

Direto da lan house

MIGUEL COUTO

Crianças e adolescentes de Miguel Couto farão histórias em quadrinhos em blog
por Robert Tavares

A ONG Laboratório Cultural começou sua atuação em fevereiro deste ano e mesmo com pouco tempo de nascida já alcança grandes voos. Ela é formada por jovens de Nova Iguaçu que trabalharam no Bairro-Escola e que sempre tiveram ligação com a cultura da cidade. Eles estão criando um projeto chamado "Laboratório de linguagem livre" que vai unir lan house, quadrinhos, escola e cultura.

O projeto funciona assim: um grupo de adolescentes, da Escola Municipal Janir Clementino, em Miguel Couto, com idade entre 12 e 18 anos será acompanhado de um monitor até uma lan house parceira do projeto e, lá, farão postagens em um blog. O intuito é trabalhar as relações culturais e pessoais do bairro por meio de fanzines online e histórias em quadrinhos nos blogs, aproximando o mundo virtual para a vida desses meninos.

A atividade irá exercitar a escrita e evidenciar certos pontos da comunidade onde moram, já que uma das propostas é explicitar eventos e necessidades do bairro. "Eu vou no blog, rapidinho, e vejo alguma coisa que tenho curiosidade e pronto", diz Daiane Brasil, presidente da ONG, que iniciou sua jornada de trabalho em 2006. A simplicidade de não tirar esses jovens do ambiente deles é exatamente o que os agentes culturais Juliana Roubert e Gledson Vinícius visam, já que as lan houses são frequentadas por esses grupos. "Nós queremos acrescentar algo na vida deles, no cotidiano, e não tirar", diz Juliana.

O Laboratório Cultural tem forte ligação com o mundo virtual, o grupo usa essa ferramenta para divulgar eventos, projetos e também como recurso de ensino. "Essa é a linguagem dos adolescentes hoje em dia", diz Daiane. "Eu acredito que a internet veio para somar", diz Gledson Vinícius, que também é publicitário e blogueiro.

A ONG irá trabalhar com 120 adolescentes do bairro, nesse primeiro momento. Mas a instituição Laboratório Cultural irá atender cerca de 1.800 crianças e adolescentes da rede municipal de ensino, no próximo semestre. Eles irão desenvolver oito projetos, aprovados pelo edital escola viva/bairro-escola, com 11 modalidades das mais variadas vertentes da cultura.

Esses são os sites deles: www.visaosuburbana.com , http://poemanapraca.blogspot.com

Interatividade:
O que você gostaria de aprender numa lan house?

Um comentário:

  1. Gostaria que fosse estendido aos alunos das escolas vizinhas ao Janir Clementino também.

    ResponderExcluir