sexta-feira, 17 de julho de 2009

Pé de serra



Mediadora une cultura rural e urbana em prol do aprendizado
por Marcele Batista

A mediadora cultural Isamélia de Brito Braga, 38 anos, realiza no bairro de Adrianópolis um projeto que junta a sua profissão de gestora ambiental com o seu estágio de mediadora do Bairro-escola, integrando cultura e o meio ambiente em um local considerado por muitos como a zona rural de Nova Iguaçu. “A cultura das crianças desta área é de subir em pé de serra e escorregar”, explica. O objetivo do projeto é trabalhar esta cultura rural e uni-la à região urbana.

Uma de suas realizações é o blog onde descreve todas as atividades da Escola Municipal de Adrianópolis. O blog é divulgado via orkut e pelo famoso boca-a-boca, facilitando a comunicação e divulgação de seus trabalhos. Mas a comunidade em torno da escola e os alunos não tem conhecimento sobre o blog porque não possuem acesso a internet.

Fora isso, Isamélia pretende, contando com a ajuda de seus quase 80 alunos, realizar um projeto ecológico que consiste na realização de uma trilha que começa nos terrenos da escola e sobe em meio à mata atlântica. “No final encontraríamos uma “ecocasa” onde aprenderíamos mais sobre a região.

Essa e outras ideias podem ser apresentadas na capacitação realizada nas segundas-feiras, no Espaço Cultural Sylvio Monteiro. Nela, a mediadora aprendeu a lidar com as crianças, aproveitando a proposta da Secretaria de Cultura e adaptando às necessidades da escola. No entanto, ela acha que as palestras deveriam ser mais concretas e praticáveis, e que os materiais deveriam ser em abundância. “Daqui para frente não tenho noção de como será, porque o Faustini é imprevisível”, disse ela. Além da capacitação feita pela prefeitura, ela também participa de uma oferecida pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), onde são formados educadores ambientais.

Interatividade:
Nova Iguaçu é uma cidade urbana ou rural?

Nenhum comentário:

Postar um comentário