segunda-feira, 27 de julho de 2009

Um novo desafio a cada dia

FORMAÇÃO

Para a mediadora Flávia Costa, paciência é a palavra chave
por Mayara Freire

"Cada dia é um aprendizado”, afirma a mediadora Flávia Costa, de 26 anos, sobre sua vivência nas oficinas do Bairro-Escola no colégio Ruy Afrânio Peixoto, em Miguel Couto. Nascida em Nova Iguaçu, a estudante de letras entrou no projeto em fevereiro e conta que aprendeu ter paciência com os alunos e a compreender o que eles esperam do mundo. "Percebo o quanto somos importantes para eles. Eles constantemente nos mostram como querem ser no futuro. Vejo que podemos contribuir na formação”, diz.

Flávia conheceu o projeto por intermédio de uma amiga, que a convidou para conhecer as oficinas. Encantada com a possibilidade de lidar com a diversidade e com o universo das crianças, ela resolveu trocar os dez anos de experiências em outras áreas para vestir a camisa do Bairro-Escola. “Isso é justamente o que quero melhorar cada vez mais”, conta.

Entretanto, as dificuldades não são poucas. Flávia avalia e considera importante ter consciência destes aspectos para uma realização mais proveitosa de seu trabalho. Tentar superar é seu lema, seja a falta de estrutura das escolas, evitar dispersão dos alunos ou até mesmo a diferença de personalidade entre os pequenos. “É a primeira vez que trabalho com um público carente, tendo que superar a falta de materiais e parceiros. No entanto, percebo o quanto aprendi neste contato. Cada dia é um desafio novo”.

A expectativa da mediadora sobre as próximas formações é grande, pois serão oferecidos diversos tipos de atividade que podem ser trabalhados com crianças. Flávia espera aprender novidades por intermédio das quais os alunos possam assimilar mais o conteúdo das oficinas e conquistar a atenção deles no dia a dia. Para ela, essa tarefa não é nada fácil.

Ela fez uma avaliação e destacou os principais pontos sobre a importância da cultura na vida deles. “Temos um papel fundamental em transmitir brincadeiras, pois despertamos a cultura e o lúdico nas crianças. Isso é essencial nessa fase e, por isso, acho que somos capazes de mudar vidas”, finaliza.

Interatividade:
Você tem paciência com criança?

Nenhum comentário:

Postar um comentário