terça-feira, 7 de julho de 2009

Arraiá do Leopoldina

NOVA ERA

Faltam dez dias para a grande festa julina do bairro
por Suellen da Encarnação

O colégio Leopoldina já está em ritmo de festa. Bandeirinhas espalhadas no teto, murais alegres com desenhos coloridos, todos feitos a mão, enfeitam a escola. O colégio já se prepara para a festa julina que acontece na sexta-feira, 17 de Julho. Comidas típicas, brincadeiras e quadrilha são indispensáveis para a festa das crianças, ainda mais sabendo que elas preparam a própria quadrilha com o apoio do diretor.

No turno da manhã, que tem mais de 350 alunos, todos estão eufóricos com a festa. Ninguém deixa de contribuir, e cada um faz sua parte. Muitos optaram pela dança, por terem dançado em outras escolas, mas tem criança que mesmo sem jamais ter dançado na vida, aceitou esse desafio.

Quem comanda esse exército de mais de 36 alunos são duas meninas do 9° ano do ensino fundamental: Roselane Nunes Caetano de Oliveira, de 15 anos, e Bruna da Silva Ribeiro, 15 anos. Roselane entrou na escola em 2001, saiu em 2006 e voltou no ano passado. Bruna está na escola desde 2005. As duas moram no bairro, adoram dançar e participam do Afro-Reggae de Nova Era. Elas gostam tanto de quadrilha que já se vestiram de caipira no carnaval.

Essas duas meninas tiveram a ideia de fazer a quadrilha e de comandar essa batalha. “A galera nos respeita. Talvez por sermos da mesma idade, eles nos levam um pouco mais a sério”, diz Roselane, experiente com quadrilha, já que dançou muitas vezes em escolas e em grupos profissionais.

A coreografia é bem interessante e moderna. Os movimentos vêm com uns ritmos envolventes. Impossível não dançar.

“Você não vale nada mais eu gosto de você”. Essa é a música que a turma ensaia para a quadrilha. Tema da personagem Norminha na novela Caminho da Índias, essa música faz sucesso e contagia até quem está do lado de fora. Os curiosos até dançam do lado de fora.

“Não é difícil, mas também não é fácil. É preciso dedicação, não só nossa como da galera. E eles têm se dedicado muito”, afirma Bruna, braço direito de Roselane.

As meninas vão de vestidos quadriculados, sapatinhos e meia-calças. Os meninos vão de calça jeans com farrapos espalhados pela roupa. O caracol, o túnel, a rosa e outro passos de quadrilha formam a dança, dando um toque a mais de tradição.

O colégio Leopoldina resgata as tradições, e convida todos a participarem dessa festa maravilhosa. Um ambiente em que a diversão fala mais alto que um possível preconceito. Onde não há nem piores nem melhores. Onde a beleza não conta, valendo apenas se divertir, cultivando a nossa cultura brasileira e fazendo valer a nossa pátria.


Interatividade:
Qual o passo de quadrilha que você mais gosta?

Nenhum comentário:

Postar um comentário