segunda-feira, 29 de junho de 2009

Conselho de mãe

JARDIM NOVA ERA


Mãe cuida da Escola Municipal Professora Leopoldina M. B. de Barros desde a fundação
por Alexia Sousa

Ivanice Pinto Moreira tem 42 anos e trabalha como faxineira. Tem 3 filhos que estudam na Escola Municipal Professora Leopoldina M. B. de Barros. Muito dedicada e atenciosa à educação dos seus filhos, ela resolveu participar da vida escolar, logo após sua fundação, como representante de um grupo de mães que debatem idéias para a melhoria da educação. Porém, por ser a representante, ela se destaca entre as demais mães por suas ideias criativas. Dentre elas está a sugestão do "cofrinho" para os alunos pagarem uma espécie de multa caso aja atos de vandalismo na escola. A iniciativa tem a finalidade de conservar o ambiente de estudo deles.

Entretanto, a direção não pode adotar essa ideia, já que por lei a escola não pode "pegar" dinheiro das crianças. Mesmo assim a escola admite que a intenção dessa sugestão é favorável à educação dos alunos ao evitar a destruição da escola. À partir isso, a direção está avaliando a ideia para ver se há outra forma de colocá-la em prática sem fazer ligação com o dinheiro dos alunos.

Por ter estudado até a 7ª série, por falta de oportunidade e conhecimento, ela luta pela educação de seus filhos e dos demais alunos da escola. "Quem não tem conhecimento, não tem vida, não faz a diferença e se torna invisível para sociedade", diz Ivanice, com firmeza. Pela sua experiência de vida e por sua determinação, ela é reconhecida pela direção e pelos professores. "Devido aos seus conselhos indispensáveis, tanto pessoal como profissional, aqui na escola a consideramos como a nossa conselheira", diz com empolgação o diretorMaximiliano Marini Melo, o tio Max.

Interatividade:
Como enfrentar o vandalismo na escola?

Um comentário:

  1. Parabéns pela matéria, Aléxia! Ficou bem explicativa e sem rodeios. Muito bom!
    A tendência é só melhorar!
    Beijos.

    ResponderExcluir