domingo, 16 de novembro de 2008

Falta de hábito
por Thiago André Barros

Edivilson Pinheiro, mais conhecido como “Edi”, tem 19 anos e mora na Cerâmica. Ele conta que são raros os casos de diálogo em sua família. “Eles só se falam para perguntar ou reclamar sobre algo”. E completa: “A minha família são os meus amigos. É onde tenho diálogo, conto sobre a minha vida e meus problemas”, desabafa.

Isso também fica visível para seus amigos. Um deles é Raphael Oliveira, que revela que, quando o Edi não está no computador, está na rua com os seus amigos. “Eu não sinto falta de conversar com a minha família. Talvez seja porque nunca tivemos esse hábito e acho difícil começar agora”, confessa Edi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário