segunda-feira, 7 de abril de 2008

No ar, Rádio Laranja da Terra

Uma nova forma de comunicar

por Flávia Ferreira

Era uma manhã nublada quando nós chegamos à rádio. O grupo era grande, talvez uns dez jovens. Nossos corações eram uma mistura de nervosismo e entusiasmo. Ainda estamos no segundo programa Laranja da Terra, que vai ao ar das dez às dez e meia.

Quando entramos no estúdio, lembrei de todo o trabalho da semana. Primeiro foi a reunião de pauta, coordenada por Marcus Vinícius Faustini, o Secretário de Cultura e Turismo de Nova Iguaçu. Discutimos várias idéias até definirmos que durante todo o mês de abril nós só vamos fazer matérias sobre cinema. Para nós, o Iguacine já começou. O Iguacine é o festival de cinema que tomará conta da cidade do dia 23 a 30 de abril.

Criamos uma espécie de bordão: "Nova Iguaçu e cinema, isso dá filme?" Saímos para fazer essa pergunta para camelôs que trabalham no Calçadão, donos de locadoras, pessoas que trabalham no Iguaçu Top e alunos da Escola Livre de Cinema. As únicas respostas que entraram no ar foram as dos alunos da Escola Livre de Cinema, em Miguel Couto. Foi a nossa colega Camila Ellen quem fez essas entrevistas. Uma das estudantes da escola, Monique Rodrigues, disse que "Nova Iguaçu e Cinema dão filme por conta de suas inúmeras visões e pela história da Cidade". Posso estar dando minha cara pra bater, mas eu concordo.

Também saímos da reunião de pauta com a missão de encontrar algumas pessoas que falassem do filme de suas vidas. As escolhidas foram Lourdes e Cristina, que haviam participado de um filme exibido na festa de encerramento do Fórum Mundial de Educação. Até o prefeito Lindberg Farias estava naquela festa, que levou cerca de 500 pessoas para a travessa BR 3, na Cerâmica. Publicamos um post sobre essa festa aqui no nosso blog. Ele foi escrito pela Flávia Sá e por William Faria da Costa. As fotos foram do Felipe Rodrigo.

Outro entrevistado do programa seria Anderson Barnabé, um dos diretores da ong Reperiferia. O Reperiferia tem uma grande história com Nova Iguaçu. São eles que estão organizando o Iguacine. Também são eles que estão à frente da Escola Livre de Cinema. Um outro importante projeto do Reperiferia em Nova Iguaçu é a Escola de Música Eletrônica. Fique ligado, que daqui a pouco vamos publicar um post sobre a Escola de Música Eletrônica.

Eu participei do primeiro programa, cujo foco era o Fórum Mundial de Educação. Mas naquele programa eu entrei com uma matéria gravada, sobre a performance da atriz Lílian Lopes. Foi engraçadona a performance da Lílian, que imitou uma psicanalista. Ela enganou todo mundo, apesar de estar na cara que ela só estava ali interpretando um papel. Além da entrevista veiculada no primeiro Laranja da Terra, publiquei um post sobre a performance. Se você quiser ler o post "Terapeuta por um dia", basta clicar aqui.

Eu não participei do segundo programa. Até fiz algumas entrevistas com o pessoal que trabalha no Iguaçu Top Shopping, mas os funcionários de lá foram muito institucionais, pareciam estar fazendo propaganda da Severiano Ribeiro. Mesmo sem nenhuma matéria minha, dessa fez foi muito mais emocionante. Aprendi que rádio é ao vivo. Pura emoção. O entusiasmo toma conta de todos na hora do Laranja da Terra.

Cristina, uma moradora da BR3 que deu uma emocionante e emocionada entrevista ao vivo, disse que sua vida já é um filme. "Só tive a oportunidade de mostrar a minha miséria e tudo que vivi", disse ela. "Tive tudo e perdi para começar de novo." A entrevista também foi bacana por ter sido concedida à jovem repórter Pixula Nunes, que na semana passada saíra chorando por ter esquecido a pergunta que faria a Maria Antônia Goulart, a primeira dama do município. Pixula é a maior prova da nossa evolução do primeiro para o segundo programa.

A Escola Agência de Comunicação não esteve presente somente pela voz de nossos repórteres, de rua e de estúdio. Eu não poderia deixar de registrar o Hollyiguaçu - funk de autoria de MC Leleko e MC Dotadão. Se você não ouviu nosso programa, perdeu. Porque há coisas que você só ouve na rádio Laranja da Terra. Até sábado que vem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário