terça-feira, 1 de abril de 2008

De volta ao quintal

Psicóloga de Vila de Cava cria brinquedos pedagógicos para o Bairro-Escola.

Por Flávia de Sá e Natalia Ferreira
Fotos - Leonardo Victor
Márcia Guadalupe é psicóloga, educadora e parceira do programa Bairro-Escola, que conheceu melhor no projeto “Escola de Paz” da Escola Professora Irene da Silva Oliveira, em Vila de Cava. Esse projeto reúne os pais dos alunos a cada dois meses para que tenham um dia igual ao dos estudantes. Mãe de Ariel, Márcia se encantou com o que viu e ofereceu o quintal da sua casa para o programa. “O Bairro-Escola tira as crianças da rua”, elogia a psicóloga. “O programa também permite que elas se sociabilizem com os outros coleguinhas.”
No Quintal da Márcia, os alunos do horário integral são recebidos com três cês: “Criatividade, compreensão e carinho", explica a psicóloga. Segundo ela, o quintal é um espaço especial para trabalhar a educação. “Aqui a criança tem contato com a terra e com as plantas”, diz.
Márcia criou diversos brinquedos que funcionam como ferramentas educacionais. Uma tirolesa improvisada com um cabo de aço entre duas árvores ensina conceitos de física como velocidade, peso e deslocamento, além de trabalhar a fobia de altura que afeta algumas crianças. Há ainda o “
skate de árvore” e o “elevatório”, que ajudam a desenvolver a coordenação motora da criança de forma radical. “Já reparou que toda criança gosta mesmo é de ficar em pé nos balanços de praça pública?”, pergunta. “Então, aqui eles podem.”
Com as lixeiras coloridas, as crianças aprendem a fazer coleta seletiva de resíduos como papel, metal, plástico e vidro. “As diferentes cores dos latões também ajudam na identificação de casos de daltonismo”, diz Márcia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário