sexta-feira, 8 de maio de 2009

Cabeça feita

Oficina de beleza atende 120 pessoas na festa do trabalhador

por Fernanda Bastos

Dona Josefa Nunes Correa, uma moradora de Botafogo de 72 anos, foi para o Prefeitura nos Bairros com o objetivo de providenciar documentos para toda a sua família, da qual fazem parte a filha Daniluce e os netos Darlan, Daniel, Daiane e Raiane. A matriarca queria tirar uma nova Carteira de Trabalho, Daniluce precisava se cadastrar no CPF e já era hora de Darlan, que é especial, ter sua carteira de identidade. Todos eles, no entanto, terminaram entrando na fila da oficina da beleza, comandada pelas mãos mágicas da cabeleireira Neide Maciel, 55 anos de vida e 20 de profissão.


Os seis membros da família de Dona Josefa ajudaram a manter sempre grande a fila formada à sombra de uma das mangueiras do Aeroclube de Nova Iguaçu. Ao todo, foram 120 cortes de cabelo, sendo 60 de homens e 60, de mulheres. Completavam a equipe de Neide Maciel a também cabeleireira Cláudia Rodrigues Souza, 38 anos de vida e cinco de profissão, e a esteticista Hilda Carmela S. Moreira, 64 anos de vida e 15 de profissão, que na festa do trabalhador da última sexta-feira trabalhou com hidratação capilar. “Nosso objetivo é proporcionar auto-estima para a população”, resume Neide.

A oficina de beleza faz parte do cardápio de serviços da ação Prefeitura nos Bairros, que ao longo de dois anos já atendeu quase 170 mil pessoas de todas as cidades da Baixada Fluminense. Foi por isso que Daniele Raimunda de Castro, 19 anos, levou o filho Juan Castro Xavier, de dois anos, até a sede administrativa do Aeroclube de Nova Iguaçu. “Estou desempregada e vou para uma entrevista de emprego em uma loja de roupa”, explicou a jovem, que também aproveitou a ação da Prefeitura para se inscrever no Programa Bolsa Família do Governo Federal e tirar alguns documentos. A caprichada no visual também serviu para que se sentisse melhor no show da noite, para o qual também foi.

Outra pessoa que não resistiu à tesoura da equipe de Neide foi a empregada doméstica Josinete das Graças de Souza, uma moradora da Posse de 44 anos. “Estou me sentindo muito mais jovem”, disse ela depois de fazer um corte no estilo Channel. Ao ver tantos cortes bonitos e elegantes, além do sorriso de satisfação dos beneficiados, esta jovem repórter que vos fala também não resistiu e “encarou a tesoura”. O resultado foi bastante satisfatório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário