segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Recordar é viver

Muitos eleitores já esqueceram os vereadores em que votaram
Por Flávia Ferreira

Um dia depois do segundo turno das eleições municipais, muita gente já esqueceu os políticos em que votou. As razões para isso são muitas. Alguns eleitores estão decepcionados com a política. Outros ainda muito ocupados com a construção do seu futuro e não têm tempo para escolher os melhores candidatos. Estão no campo da exceção aqueles que sabem tanto o nome quanto a razão para depositar o seu voto em determinado vereador.

O designer Jack Junior, apesar da natural esperança de um jovem de 19 anos, acha errada a sua indiferença diante das eleições. Mas deixa para os próprios políticos e os jornalistas a tarefa de reverter o quadro atual. "Sinceramente, não gosto de política, mesmo sabendo que é errado pensar assim.” Parte da desilusão de Jack se deve à obrigatoriedade do voto. “Não gosto de fazer nada que me obrigam”, diz.

O produtor musical Gustavo Ribeiro não apenas está preocupado com os políticos, como jamais esquece em quem votou. "O passado faz história, por isso sempre lembro em quem votei", diz ele, que durante a campanha procurou se informar sobre os candidatos.

O estudante de química Marcos Felipe Lourenço, 23 anos, também anda desiludido com os políticos, mas pelo menos ainda acredita nos partidos. "Votei na legenda, por não conhecer os candidatos e achar que não faz diferença alguma quem é eleito para me representar na Câmara Municipal.”

O estudante justifica seu desconhecimento dos políticos iguaçuanos com a correria dos seus dias. "Trabalho e estudo 24 horas por dia”, lamenta. “Não tenho tempo para reivindicar nada." Apesar da falta de tempo e da desilusão com os políticos, ele ainda acha importante votar. "Procuro selecionar melhor os candidatos para que coisas erradas não aconteçam", conta ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário