sexta-feira, 28 de março de 2008

Roteiro da chacina? é possível?

Forum Mundial ousa e faz o Roteiro da Chacina para quebrar o estigma da violência no bairro Cerâmica.

Por Bruno Marinho
Imagem de celular por Bruno Marinho, editada por Evio Nobre.

É isso mesmo. Dia 28, na Universidade Estácio de Sá, houve a discussão sobre a proposta da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo: levar os participantes do Fórum Mundial de Educação para conhecer o local da tragédia no bairro Cerâmica. Isso pareceu aos participantes uma idéia muito louca, que só iria trazer prejuízo ao turismo do nosso município. "Porém, a proposta central é quebrar o estigma negativo de que a Baixada é violenta e, com o roteiro, os bandidos poderiam ter medo de repetir esse ato monstruoso”, disse Juliana Pereira, estagiária de turismo da secretaria.

A idéia do roteiro foi amadurecida em um congresso, onde os estagiários da Secretaria de Cultura e Turismo participaram. Lá, eles ouviram pedidos para que esse roteiro fosse feito.

- Diferente dos roteiros paisagísticos, como seria em Tinguá ou no Parque Municipal, o turismo da Chacina iria mudar algo no município e o roteiro vem com esse intuito - argumentou Nádia Maria Alves, Subsecretária de Turismo.

O roteiro acontecerá dia 29, às 18 horas. O local de saída será a Estação Bairro-Escola. Os participantes irão jantar com os moradores do bairro Cerâmica e assistir à apresentação de grupos locais de dança e música. "Esse é o evento principal do roteiro", disse Écio Salles, Secretário Adjunto da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, "pois os próprios moradores são os anfitriões e assim aumenta o pertencimento deles ao seu bairro."

Não percam esse turismo diferente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário