quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

De olho no real

Banco do Central desconfirma boato


Por Flávia Ferreira
Montagem: eresma e Banco Central

Nas últimas semanas correu, principalmente no Rio de Janeiro e Fortaleza, o boato de que o Banco Central estaria comprando moedas de 1 real, com a figura de Juscelino Kubitschek e do prédio do Banco Central em sua face, por um valor estimado em 18 reais. Alguns diziam até que seria pelo ouro contido em sua borda, mas em meio a todo esse disse me disse, o Banco Central esclarece esse rumor, em seu site, negando qualquer afirmação.

Segundo o Banco, assim como as demais moedas bimetálicas de 1 real, as moedas com a figura de Juscelino Kubitschek e do prédio do Banco Central permanecem normalmente em circulação e valem o correspondente a seu valor legítimo, ou seja, 1 real. O Banco Central somente recebe e troca moedas que estejam danificadas, com suspeição de legitimidade ou em processo de recolhimento (perda de poder liberatório).

Existem moedas comemorativas feitas com materiais nobres, como ouro e prata, cujo preço de venda é diferente do valor de face indicado na própria moeda. A cunhagem em metal nobre e a qualidade de suas gravuras, fazem delas obras de arte brasileira. Suas composições artísticas com temas históricos despertam o interesse de colecionadores e comerciantes.

Esses boatos, assim como outros tantos que rolam por aí, só se alastram pela falta de informação de seus disseminadores, contudo, as pessoas que recebem a tal informação não conferindo as fontes corretas continua o legado, espalhando tudo e aumentando alguns dados, criando assim uma teia de rumores sem fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário